Serão as Opções Binárias um “Esquema”?

O motivo de esta questão surgir em vários fóruns online e sites Q&A justifica-se pela perceção negativa do negócio de opções binárias em situações diversas. Para começar, a atividade de negociação de opções binárias não é reconhecida como um veículo de investimento em várias jurisdições. É vista como uma forma de jogo livre dos impostos, sendo comum ouvir frases do tipo “problema de jogo” ou “vício de jogo” utilizadas na descrição dos resultados negativos de pessoas envolvidas nesta atividade. Existe um ditado popular que diz que “a casa sempre ganha” quando se fala da taxa de sucesso dos jogadores, um adágio que evidentemente ensombra esta atividade de negociação e tudo o que se relacione com a mesma. Ao termos uma situação em que a as opções binárias são comparadas ao jogo pelas autoridades governamentais, cai uma sombra sobre esta atividade fazendo-a parecer um sistema elaborado no qual apenas as corretoras e intermediários ganham e os investidores sempre acabam por perder. Nenhum investidor quereria fazer parte de algo assim.

Outro motivo que leva a que a fixação de probabilidades seja comparada a um “esquema” consiste na natureza em grande parte irregulada do mercado e de muitos operadores que nele exercem. Todo o ser humano tem em si um elemento de ganância que o leva a querer aproveitar-se de qualquer situação para ganhar dinheiro. Quando tantas pessoas se colocam nesta grande piscina de dinheiro onde não existe regulamentação e as corretoras surgem em cada esquina às centenas diariamente, os “homens maus” vão aparecendo e muita gente acaba por ser prejudicada enquanto outros sorriem para as suas contas bancárias. Nos últimos anos, pudemos observar o colapso dos esquemas Ponzi, como o que foi conduzido por Bernie Madoff. Tratou-se de uma operação fraudulenta de trading que foi ocorrendo quase sem ser detetada durante muitos anos, num ambiente sujeito às mais apertadas inspeções das autoridades de regulação. No entanto, Bernie Madoff foi capaz de “vender gato por lebre” a imensas pessoas. Se tal pode suceder num ambiente tão estritamente regulado como o mercado de cotações fixas, como poderia não acontecer noutros também?

De facto, o número de corretores nesta arena explodiu nos últimos dois anos e, com ele, surgiram uma série de contas de contornos fraudulentos que foram sendo aproveitadas por corretores sem escrúpulos, fundos confiscados por infrações ambíguas, ou levantamentos que nunca chegaram a concretizar-se. Já todos vimos também bónus e prémios serem diretamente relacionados a requerimentos de volume de transação que forçam os clientes a manterem-se permanentemente no sistema, realizando dinheiro para os corretores sem que sobre algum para eles.
É devido a este tipo de situações que muitos rotulam a negociação de opções binárias como operação de “esquema”. Mas será que é realmente o caso?

O mercado de operações binárias é uma arena na qual se pode de facto ganhar dinheiro. Não se trata de um “esquema”. Os problemas com este mercado têm a ver com perceção e regulação. Uma melhor regulamentação poderá levar à mudança das perceções, sendo por isso que a Crus Escuiteis anda Exchange Comissiona (Cecé) deu alguns passos no sentido de rever a sua prévia posição apreensiva e dedicar-se ao tema da regulação de opções digitais. Tal decisão tornou-se imperativa, devido ao grande número de corretoras que operam a partir do Chipre. É agora requisito para qualquer companhia que opere como corretora de opções binárias no Chipre possuir estatuto regulado como tal. Além disso, um dos provedores de plataformas (SpotOption Ltd) criou um departamento destinado a tratar do licenciamento de qualquer corretor que se inscreva para a utilização das suas plataformas na negociação. Outro evento que seguramente impulsionará a confiança dos investidores serão as medidas tomadas por corretoras como o Banc de Binary e a OptionFair, a fim de assegurar o estatuto de regulação noutras jurisdições estabelecidas, como o Reino Unido e os Estados Unidos da América.

Enquanto estes passos irão definitivamente começar a impulsionar confiança transacional no mercado e convencer as pessoas que as opções binárias não são simplesmente um “esquema”, muito ainda terá que ser feito a fim de levar todos os outros a rever a sua posição e passar a negociar nesta arena. Os investidores tendem a comportar-se como um cardume, e irão começar a entender o mercado das opções binárias como uma zona livre de esquemas tão cedo os temas da regulação sejam largamente aperfeiçoados. A melhoria na regulação criará também uma melhor perceção, que abrirá o caminho para muito mais players entrarem neste sistema.

Este não é apenas um trabalho de regulação. Qualquer corretor que mereça o seu salário deve fazer parte deste esforço. Se o corretor reconhece que os proveitos da empresa irão aumentar devido ao incremento de confiança no mercado, tal corretor deve dar o seu melhor para manter o ambiente de negociação limpo. Todo o investidor que realize dinheiro na plataforma de uma corretora irá transacionar continuamente, gerando proveito para o corretor.

Existem outros recursos sobre este difícil tópico. Recomendamos que dê uma vista de olhos neste artigo da Binaryoptionsgeek ou neste da Forbes.

                              EN
                              DE
                              IT
                              ES
                              PT